terça-feira, 17 de abril de 2012

1João 2.2

e ele é a propiciação pelos nossos pecados e não somente pelos nossos, mais ainda pelos do mundo inteiro.
Sim, como nosso Advogado, Jesus Cristo se ofereceu como propiciação - como cordeiro intercessor. Ele se entregou à morte para livrar seus filhos do pecado, acabando, assim, com a separação que havia entre Deus e o homem. E, diferentemente, do que muitos falsos mestres apregoam, sua morte não cobriu apenas o pecado desta, ou daquela denominação religiosa. Jesus morreu por todos, por todos os seus filhos, por aqueles que já foram para junto do Pai, e por aqueles que ainda estão para nascer. De modo que não há sacrifício mais perfeito que o seu e, justamente porque é perfeito, é que pôde nos alcançar e nos redimir de nossos pecados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário